Aluna da FAJ se apresenta em seminário na Universidade do Porto

3d0c67ca-94a0-44c3-a3b7-2f806ea4700b
Realizar um intercâmbio sempre resulta em boas oportunidades, e assim foi com a estudante de Psicologia da FAJ, Bruna Risquioto, que através do programa de bolsas Ibero-Americanas oferecido pelo Santander Universidade, teve a chance de apresentar um trabalho no I Seminário Internacional “Juventudes, Educação e Cidadania: Retratos contemporâneos” com temas de grande debate e utilidade pública, como a violência relacionada ao bullying e a homofobia levada pela cultura católica do país.  

 
A estudante, que atualmente está fazendo um curso de Extensão em Portugal, logo se interessou pela proposta do seminário, já que é relacionado à área em que pretende atuar, e junto com sua orientadora sobre Educação Especial, Luciana Souza, enviaram um resumo aos organizadores do evento. A aluna confessa que não esperava participar do evento, indo apenas como ouvinte, porém logo em seguida foi convidada a apresentar seu trabalho durante o evento. 
 
Através do seu Trabalho de Conclusão de Curso intitulado “A prevalência dos tipos psicológicos em professores universitários do curso de Psicologia”, a aluna teve, primeiramente, a oportunidade de participar do projeto de bolsas, para logo em seguida entrar no Curso de Extensão. Seu TCC já teve a publicação apresentada no Congresso Nacional de Iniciação Científica no Brasil (CONIC) 2015 e no Encontro de Iniciação Científica da FAJ (ENIC FAJ) 2015.
 
Essa viagem, além de proporcionar conhecimento acadêmico à aluna, está oferecendo um aprendizado cultural, e que segundo ela, está se empenhando para conhecer a sociedade portuguesa e seu modo de viver. Além de mostrar uma visão mais crítica entre Portugal e Brasil, já que na prática consegue ver polos discrepantes entre as duas nações. “Eu fiz vários contatos com portugueses, alguns amigos e colegas da faculdade em que pude trocar informações sobre meus projetos da FAJ abordando a educação, além de também estar em contato direto com o modo em eles vivem. O último mês está sendo uma experiência incrível”, relada a graduanda.
 
Bruna explica que a maioria dos palestrantes atuava com mestrado ou doutorado no evento, sendo ela uma das poucas estudantes de graduação a apresentar seu projeto, o que mostra o grande potencial e conhecimento da aluna. 
 
O primeiro ponto a ser levantado no congresso foi a violência relacionada ao bullying e a homofobia tratado no meio da cultura católica do país. A estudante também esteve presente na discussão sobre a prática do esporte físico e a influência sobre a vida e sua motivação para melhorar a carreira acadêmica, debatendo aspectos da teoria de personalidade Junguiana com os palestrantes. 
 
“Sobre meu trabalho apresentado de sexualidade, a diferença é que em Portugal você precisa ser especialista nesta área para atuar com este público, ao contrário do Brasil que poucos pedagogos têm esse tipo de estudo. Entretanto, é um assunto que em alguns aspectos aqui é parecido; em como não saber lidar com a sexualidade acaba sendo um tabu a ser discutido dentro da escola convencional e também com os deficientes. Eu fui bastante elogiada em trabalhar unindo Freud a Piaget no trabalho”, conta Bruna. 
A aluna menciona a base educacional que recebeu da FAJ para entender todo o conteúdo apresentado no seminário. “A psicologia social da FAJ é excelente e me deu subsídios para poder conversar e me expor em um seminário internacional”, elogia. 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s