Aluna da FAJ relata a importância e desafios de um intercâmbio

DSC_0006

Há alguns meses hospedada em Portugal, a estudante de Psicologia Bruna Risquioto Batoni já adquiriu uma bagagem de conhecimento muito rica. Ela foi uma das ganhadoras da Bolsa Santander Universidade do semestre passado, e para complementar os estudos está cursando algumas matérias complementares na Universidade do Porto. 

A aluna conta que as diferenças culturais são grandes entre Portugal e Brasil, mas que ambos possuem uma carga cultural extensa e riquíssima. “Essa experiência cultural está sendo ótima, talvez seja assim para todas as profissões, mas o olhar do psicólogo sobre os fenômenos sociais estão sendo bem diferenciados na minha vida”, conta. Ela observa também que algumas questões como o desenvolvimento pessoal são levadas a sério em Portugal, muito parecidas com técnicas de coaching.

Bruna menciona também a utilidade que a aula Santander Empreendedorismo proporcionou a ela na viagem. A aula faz parte da grade da própria FAJ, e por tratar de assuntos como gestão financeira facilitou o entendimento da aluna no intercâmbio sobre questões como sobre alta e baixa na bolsa de valores, impostos etc.

Ela relaciona os ensinamentos da aula com o sentido do curso de Psicologia. “Isto tem muito a ver com o curso que estou fazendo, ele é sobre ser assertiva e saber como se portar em uma gestão de conflitos”, explica a estudante, que desde a primeira aula foi instruída a fazer reflexões sobre sua vida pessoal, inteligência emocional e sobre seu coeficiente de inteligência para saber se conseguiria lidar consigo mesma e a partir disto, ser uma boa líder e gestora.

A estudante relata sobre um recente seminário do qual participou junto a estudante de Psicologia Fernanda Batista que também é bolsista Santander na Universidade do Porto, trabalhando em motivar e demonstrar novas práticas de educação e ensino nas escolas de Portugal. O evento abordou meios de apresentações diferenciados, como a prática da música no ramo.

Ademais, Bruna com outros colegas de sua turma e junto à professora Valéria Pagnan publicaram em um blog de psicologia do Centro Universitário Luterano de Palmas um trabalho intitulado A Música e a Terapia regendo a Orquestra da Vida.

“Segundo o curso, se nós não nos amarmos não saberemos dizer não ou sim, dar passos para trás e analisar a mim e ao ambiente, não teremos recursos para gerir os conflitos que são inerentes ao ser humano”, explica.

Ela completa explicando que apesar de ter imaginado um intercâmbio com apenas teoria, ficou surpresa com os diversos assuntos e temas. “A viagem veio em um momento de lapidações de muitas competências devido a essa experiência de mobilidade. Estou muito contente e entusiasmada com as perspectivas do curso”, completa Bruna.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s